OFICINAS

Participe das nossas oficinas e ainda leve para sua cidade

Oficina de mímica

Na oficina de mímica “O Corpo Cômico”, vamos abordar três dinâmicas da construção desse corpo. Num primeiro momento, o conceito de neutralidade e a necessidade de começar desde uma folha em branco. Logo em seguida alguns sinais de comicidade começam a aparecer nos corpos dos brincantes ao observar o próprio corpo pela visão dos outros. A partir daí, alterações serão feitas conhecendo potenciais e aspectos psicológicos e emocionais dos personagens e dos próprios atores.
 
Uma vivência compacta, porém suficiente para confrontar e provocar a notória transformação nos corpos dos participantes.

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • 16 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 30 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)

Alejo Linares:

É um artista argentino radicado no Brasil desde 1992 e desenvolveu sua atividade formativa em Buenos Aires – Argentina, entre 1976 e 1978 na Escuela de Teatro do Diretor Francisco Javier e na Escuela Argentina de Mimo entre 1978 e 1981. De 1981 a 1983 estudou na ETI – Estúdio de Teatro Integral, formando-se como professor, ator e diretor. 
 
Em 2004 aperfeiçoou-se em máscaras na UFMG Belo Horizonte e teatro de rua e clown em Caraguatatuba. Em 2009 cursou o Conservatório Superior de Música “Luis Gianneo” em Cruz de Eje – Córdoba – Argentina. 
 
Atuou como ator em espetáculos no Teatro de La Piedad e no Teatro Del Centro em Buenos Aires, entre 1979 e 1983, em paralelo atuou como mímico do elenco estável da Companhia Argentina de Mimo entre 1980 e 1983. 
 
No Brasil desenvolveu trabalho e oficinas de mímica, nas cidades de Belo Horizonte-MG e Lages-SC entre 1984 e 1986. 
 
Participou da criação Escuela de Teatro Comunitário em Villa Huidobro na província de Córdoba – Argentina entre os anos de 1986 e 1990. Desde 2007 integra o Circo Navegador como palhaço, professor de mímica, preparador de elenco, assistente de direção, cenotécnico e produtor. 
 
Atua nos espetáculos “Cirquim do Serafim”, “Bancicleta e os Palhaços Quase Músicos” e “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

PRÓXIMAS DATAS: 16/03/2023

FIQUE ATENTO ÀS NOSSAS REDES PARA SE INSCREVER!

Oficina de cenografia

A oficina de “Cenografia: o desenho da cena” traz uma conversa aberta sobre traduzir pelo desenho cênico uma cena teatral: suas possibilidades, sua relação com o texto, com as artes visuais, personagens, atores, espaço e iluminação. 

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, através de interações estéticas e apresentações cômicas. 

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • 21 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 30 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)

Isabel Galvanese:

Paulistana, moradora de São Sebastião (Litoral Norte de São Paulo) desde 1992, Isabel é artista plástica e ceramista. Em 2013 começa a trabalhar com ilustração de livros infantis. Neste mesmo ano, escreve e ilustra o livro “O segredo de Druzilla – a encantadora de siris”, publicado pela Editora Ateliê da Escrita e adotado em 2018 no PNLD do Governo Federal. Em 2014 é lançado pela Plano B Editorial o livro “O artista que teimava em ser muitos”, com ilustrações suas. Atualmente tem publicados 13 livros com ilustrações de sua autoria. Em 2019 realiza a exposição Entre Desenhos, o voo da palavra, no Instituto Mpumalanga, em São Sebastião-SP. Também em 2019/2020 ilustra para animação 3 contos caiçaras de Neide Palumbo dentro do projeto Treboada, Prêmio PROAC14/2019. Neste projeto, participa como ilustradora.

A Cenografia surge em sua obra primeiro com a Ossobanda, uma banda de música para crianças de Boiçucanga, São Sebastião-SP, em 2019 e no ano de 2021, com a proposta de criação da cenografia do espetáculo Boa Noite para o Circo Navegador. Isabel reúne todo seu conhecimento e sensibilidade para a criação e confecção de mais obras cenográficas genuínas de entrega e encantamento.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de teatro de rua

Na oficina de mímica “O Corpo Cômico”, vamos abordar três dinâmicas da construção desse corpo. Num primeiro momento, o conceito de neutralidade e a necessidade de começar desde uma folha em branco. Logo em seguida alguns sinais de comicidade começam a aparecer nos corpos dos brincantes ao observar o próprio corpo pela visão dos outros. A partir daí, alterações serão feitas conhecendo potenciais e aspectos psicológicos e emocionais dos personagens e dos próprios atores.
 
Uma vivência compacta, porém suficiente para confrontar e provocar a notória transformação nos corpos dos participantes.

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

Alejo Linares:

É um artista argentino radicado no Brasil desde 1992 e desenvolveu sua atividade formativa em Buenos Aires – Argentina, entre 1976 e 1978 na Escuela de Teatro do Diretor Francisco Javier e na Escuela Argentina de Mimo entre 1978 e 1981. De 1981 a 1983 estudou na ETI – Estúdio de Teatro Integral, formando-se como professor, ator e diretor. 
 
Em 2004 aperfeiçoou-se em máscaras na UFMG Belo Horizonte e teatro de rua e clown em Caraguatatuba. Em 2009 cursou o Conservatório Superior de Música “Luis Gianneo” em Cruz de Eje – Córdoba – Argentina. 
 
Atuou como ator em espetáculos no Teatro de La Piedad e no Teatro Del Centro em Buenos Aires, entre 1979 e 1983, em paralelo atuou como mímico do elenco estável da Companhia Argentina de Mimo entre 1980 e 1983. 
 
No Brasil desenvolveu trabalho e oficinas de mímica, nas cidades de Belo Horizonte-MG e Lages-SC entre 1984 e 1986. 
 
Participou da criação Escuela de Teatro Comunitário em Villa Huidobro na província de Córdoba – Argentina entre os anos de 1986 e 1990. Desde 2007 integra o Circo Navegador como palhaço, professor de mímica, preparador de elenco, assistente de direção, cenotécnico e produtor. 
 
Atua nos espetáculos “Cirquim do Serafim”, “Bancicleta e os Palhaços Quase Músicos” e “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Palhaço

A oficina de palhaçaria “O Riso” irá compartilhar técnicas de consciência corporal, jogos de palhaço, gestualidade para picadeiro e rua e construção de personagem. Pretende estimular a leitura de mundo pela ótica do palhaço, que tem função de questionar, e, a partir do riso, trazer o entendimento. 

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, através de interações estéticas e apresentações cômicas.

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • 15 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 22 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 29 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 19 de abril de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 10 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Luciano Draetta:

Palhaço e Mestre da Cultura Popular, reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduado em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião. 

Atua profissionalmente como palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. 

Estudou no Circo Escola Picadeiro, Escola Paulista de Circo e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi, com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializadas. 

Realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. 

Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mário Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros. 

Foi reconhecido pelos principais prêmios da cultura: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, Funarte, Proac, Iberescena e Petrobras.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

PRÓXIMAS DATAS: 15/03, 22/03 e 29/03/2023.

FIQUE ATENTO ÀS NOSSAS REDES PARA SE INSCREVER!

Oficina de Trilha-Sonora

A oficina de “Trilhas Sonoras” para espetáculos. Ministrada por Gabriel Draetta, baterista, percussionista e artista educador.

A oficina propõe o contato dos participantes com as principais etapas do processo de criação e gravação de trilhas sonoras usando princípios básicos que podem ser adaptados aos recursos disponíveis e às necessidades de cada projeto. 

Qualquer pessoa interessada com idade superior a 14 anos.

  • 20 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 20 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Alejo Linares:

É um artista argentino radicado no Brasil desde 1992 e desenvolveu sua atividade formativa em Buenos Aires – Argentina, entre 1976 e 1978 na Escuela de Teatro do Diretor Francisco Javier e na Escuela Argentina de Mimo entre 1978 e 1981. De 1981 a 1983 estudou na ETI – Estúdio de Teatro Integral, formando-se como professor, ator e diretor. 
 
Em 2004 aperfeiçoou-se em máscaras na UFMG Belo Horizonte e teatro de rua e clown em Caraguatatuba. Em 2009 cursou o Conservatório Superior de Música “Luis Gianneo” em Cruz de Eje – Córdoba – Argentina. 
 
Atuou como ator em espetáculos no Teatro de La Piedad e no Teatro Del Centro em Buenos Aires, entre 1979 e 1983, em paralelo atuou como mímico do elenco estável da Companhia Argentina de Mimo entre 1980 e 1983. 
 
No Brasil desenvolveu trabalho e oficinas de mímica, nas cidades de Belo Horizonte-MG e Lages-SC entre 1984 e 1986. 
 
Participou da criação Escuela de Teatro Comunitário em Villa Huidobro na província de Córdoba – Argentina entre os anos de 1986 e 1990. Desde 2007 integra o Circo Navegador como palhaço, professor de mímica, preparador de elenco, assistente de direção, cenotécnico e produtor. 
 
Atua nos espetáculos “Cirquim do Serafim”, “Bancicleta e os Palhaços Quase Músicos” e “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina Teatro de Origem

A oficina de “Cenografia: o desenho da cena” traz uma conversa aberta sobre traduzir pelo desenho cênico uma cena teatral: suas possibilidades, sua relação com o texto, com as artes visuais, personagens, atores, espaço e iluminação. 

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, através de interações estéticas e apresentações cômicas. 

Palhaços, circenses, atores, bailarinos e outros artistas que já tenham passado por processos de iniciação artística, com idade superior a 14 anos.

  • 21 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)
  • 30 de março de 2023 – (aguarde maiores informações)

Isabel Galvanese:

Paulistana, moradora de São Sebastião (Litoral Norte de São Paulo) desde 1992, Isabel é artista plástica e ceramista. Em 2013 começa a trabalhar com ilustração de livros infantis. Neste mesmo ano, escreve e ilustra o livro “O segredo de Druzilla – a encantadora de siris”, publicado pela Editora Ateliê da Escrita e adotado em 2018 no PNLD do Governo Federal. Em 2014 é lançado pela Plano B Editorial o livro “O artista que teimava em ser muitos”, com ilustrações suas. Atualmente tem publicados 13 livros com ilustrações de sua autoria. Em 2019 realiza a exposição Entre Desenhos, o voo da palavra, no Instituto Mpumalanga, em São Sebastião-SP. Também em 2019/2020 ilustra para animação 3 contos caiçaras de Neide Palumbo dentro do projeto Treboada, Prêmio PROAC14/2019. Neste projeto, participa como ilustradora.

A Cenografia surge em sua obra primeiro com a Ossobanda, uma banda de música para crianças de Boiçucanga, São Sebastião-SP, em 2019 e no ano de 2021, com a proposta de criação da cenografia do espetáculo Boa Noite para o Circo Navegador. Isabel reúne todo seu conhecimento e sensibilidade para a criação e confecção de mais obras cenográficas genuínas de entrega e encantamento.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Teatro de Máscara

Por meio do estudo teórico e atividades práticas, os participantes poderão aprofundar-se no estudo dos personagens arquetípicos da commedia dell’arte e nas particularidades do teatro em praça pública. Este é um gênero de teatro que surgiu na Itália no século XVI e tem como principais características a improvisação e o uso da meia máscara expressiva, orientando princípios básicos da criação cênica e possibilitando ao ator a experimentação de uma linguagem codificada para a construção do jogo teatral.

Qualquer pessoa interessada com idade superior a 14 anos.

  • 21 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Leonardo Garcia:

Co-fundador e diretor da Cia Caravan Maschera em 2010. Foi professor de Artes cômicas (Commedia dell’arte e princípios do cômico circense) na SP ESCOLA DE TEATRO entre 2013 e 2020. Foi artista orientador pelo projeto Ademar Guerra em 2012 e 2013. Formação Acadêmica 2008/2010: • Mestre na Universidade de Paris – La Sorbonne. «La Commedia dell’arte et les danses brésiliennes: Divergences et convergences». 2008 • Diploma de graduação em estudos teatrais na Universidade de Paris – La Sorbonne. 2006/2007 • Intercâmbio em artes do espetáculo na Universidade de Paris 8 – Saint Denis. 2003/2006 • Graduação em Artes Cênicas na Universidade de Campinas (incompleta). Experiência artística: Ator na troupe de Masks on Stage, projeto financiado pela Agência Europeia para a Cultura, Arte e Educação, direção Cristiano Roccamo. 2009 • Ator/pesquisador no núcleo de pesquisas sobre o ator da École doctorale da universidade de Paris. Orientadores: Jean Pierre Rynagert e Mme. Authant-Mathieu 2009 • Intercâmbio entre a universidade de Paris e a universidade de Cambridge – minicurso de mímica de Etienne Decroux com Leela Denis 2008 • Trabalho de investigação da expressividade das máscaras balinesas – Cartoucherie de Paris Direção: Sergio Alcantara (Théâtre du Solei) 2008 • Trabalho de investigação sobre as técnicas do ator no teatro de feira medieval com a cia Mystère Bouffe – Paris Direção de Carlo Boso.
Livros publicados: “La Commedia dell’arte et les danses brésiliennes – Convergences et divergences dans les performances populaires”, Editions Universitaires Europeennes, Paris, 2012.
Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Iluminação

A oficina de introdução à iluminação cênica irá apresentar aos participantes o universo da luz para espetáculos em suas mais diversas possibilidades. Desde as noções básicas de elétrica, passando por mercado de trabalho e equipamentos de segurança, até a parte prática, onde será visto como é a estrutura de um teatro ou de um palco de show.

A oficina faz parte do Núcleo de Pesquisa do Riso, laboratório proposto pelo Espaço para orientação cênica e aprimoramento artístico, por meio de interações estéticas e apresentações cômicas.

Qualquer pessoa interessada com idade superior a 14 anos.

  • 27 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Valdinei Silva:

Por meio do Pronatec realizou curso de Iluminador Cênico em 2014, em 2015 realizou curso de formação de usuário de GrandMA2 no MA Lighting University na cidade de São Paulo e em 2017 ingressou na SP Escola de Teatro no curso de Iluminação Cênica. 

De lá pra cá vem atuando em diversas cidades do estado de São Paulo e de outros estados. Trabalhou como técnico iluminador no 17º Dança e Movimento em Ilhabela-SP (2015); circulou com o espetáculo “Retalhos Populares” da Palhaça Carmela, como técnico no 12º FIL – Festival Internacional de Intercâmbio de Linguagens no Rio de janeiro em 2014; Ministrou Workshop de “Introdução a Iluminação Cênica” no Espaço Cultural Circo Navegador em São Sebastião-SP, onde é técnico responsável desde 2014. 

Na cidade de Caraguatatuba atuou em eventos como: Virada Cultural, Litoral Em Cena, Paixão de Cristo e foi auxiliar técnico no Corpo de Baile de Caraguatatuba de 2014 a 2017, entre outros. 

Em 2019 foi o diretor técnico do Felino – Festival de Artes do Litoral Norte.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Circo

A arte circense, que encanta adultos e crianças, será apresentada aos participantes de forma pedagógica, lúdica e recreativa, com jogos de malabarismo e acrobacia, levando os participantes ao auto-conhecimento, a descoberta das possibilidades do corpo e da mente e acima de tudo a sensibilização por meio da arte.


A oficina coloca a disposição dos interessados um vasto repertório de técnicas de malabarismo e acrobacia, que poderão ser usadas profissionalmente, técnica ou simplesmente recreativa, promovendo o desenvolvimento artístico e pessoal conforme os interesses dos participantes.

Circenses, atores e bailarinos, entre outros artistas e interessados em geral com idade superior a 14 anos.

  • 21 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Luciano Draetta:

Palhaço e Mestre da Cultura Popular, reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduado em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião. 

Atua profissionalmente como palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. 

Estudou no Circo Escola Picadeiro, Escola Paulista de Circo e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi, com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializadas. 

Realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. 

Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mário Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros. 

Foi reconhecido pelos principais prêmios da cultura: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, Funarte, Proac, Iberescena e Petrobras.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

ATENÇÃO:

O contratante deve dispor dos seguintes recursos:

Sala de 10 x 10 metros, arejada e bem iluminada com piso liso, plano e limpo que possibilite exercícios de contato com o solo, banheiro, bebedouro, equipamento de som portátil.

10 tatames de EVA 2 x 1 metro

Nós dispomos dos seguintes equipamentos

30 bolas de malabarismo

6 claves de malabarismo

12 aros de malabarismo

 

Oficina O Riso

A oficina provoca nos participantes o interesse pela pesquisa do palhaço de circo, sua história e suas práticas. Com esse encontro planejamos compartilhar técnicas de: consciência corporal, jogos de palhaço, gestualidade para picadeiro e rua e construção de personagem. 

A origem dos conteúdos da oficina são vivências práticas e aprendizados teóricos de: escola de circo tradicional, matriz brasileira dos palhaços, Commedia Dell’Arte, contato e improvisação, dança contemporânea e yoga.

A prática do palhaço não se resume a repetição das “velhas e boas” fórmulas, mas acima de tudo, nos possibilita uma pesquisa profunda acerca da sua capacidade de transgressão e sua função de denúncia diante dos absurdos da existência.

O palhaço tem duas funções impreteríveis: denúncia e aceite. Apresentando-se de forma poética, ele denuncia algumas questões que induzem o expectador a identificar suas inquietações, e por meio do riso possibilita o entendimento e em seguida o aceite da condição humana.

Jovens atores, palhaços, circenses entre outros com idade superior a 14 anos.

  • 27 de maio de 2023 – (aguarde maiores informações)

Luciano Draetta:

Palhaço e Mestre da Cultura Popular, reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduado em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião. 

Atua profissionalmente como palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. 

Estudou no Circo Escola Picadeiro, Escola Paulista de Circo e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi, com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializadas. 

Realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. 

Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mário Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros. 

Foi reconhecido pelos principais prêmios da cultura: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo, Funarte, Proac, Iberescena e Petrobras.

Conteúdo da sanfona

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Circo-Yoga

A milenar prática do Yoga aplicada ao nosso dia-a-dia resulta numa experiência profundadas possibilidades do corpo, da mente e do autoconhecimento. O Yoga já é conhecido pelas suas qualidades: de manutenção da saúde (física e mental) e da aquietação da mente, além de tantos outros atributos.

O professor Luciano Draetta, traz uma característica muito particular, pois desenvolve uma pesquisa artística, que já se estende por mais de 20 anos, e mistura o Circo, o Teatro, a Dança e o Yoga em busca do melhor desempenho cênico. Essa vivência artística resulta em uma prática de yoga voltada a aplicabilidade no cotidiano dos participantes.

O autoconhecimento é o reflexo esperado da prática milenar do Yoga, essa vivência resulta numa pesquisa das possibilidades do corpo e da mente, e os praticantes se beneficiarão das qualidades do yoga (equilibio, força, precisão).

Luciano Draetta é formado em Letras, além de professor de yoga, palhaço, ator, autor e diretor de espetáculos de circo e teatro e atua profissionalmente desde 1992.

A vivência do Yoga garante o autoconhecimento, a conquista de força e flexibilidade, a busca do bem estar físico, mental e espiritual a partir das práticas milenares da cultura Hindu.

Praticantes de yoga e interessados em geral com idade superior a 14 anos.

A confirmar. Esta oficina pode ser contratada.

Luciano Draetta 

Possui formação de Yoga com Deni Galdeano, além de ter experiências internacionais com a mestre Usha Devi no Omkarananda Ganga Sadan em Rishikesh – Índia, e com o mestre Bhadru aulas no Iyengar Yogashraya em Mumbai – Índia; no Brasil tem praticado com diversos mestres como: San Vaz, Anderson Alegro, Ciça Nogueira, Kathy Lobos entre outros.

É formado em letras pela UNIBR – Fass – Faculdades São Sebastião e faz a direção artística do Circo Navegador há 17 anos. Atua profissionalmente desde 1992 como palhaço, ator, autor e diretor de espetáculos de circo e teatro.

3 horas cada Aula

* Introdução histórica e metodológica

* Meditação e Pranayama*

* Aquecimento com asanas leves

* Foco na coluna com retroflexão, anteflexão e torção

* Foco na tonicidade muscular

* Foco no uddiyanabandha e múlabandha**

* Foco no equilíbrio

* Prática de Asanas***

* Exercícios respiratórios.

** Os bandhas são contrações de determinadas áreas do corpo físico, como plexos, nervos, órgãos e glândulas, que estão relacionadas aos chakras, centros da energia vital, e que funcionam como canalizadores do fluxo energético.

*** Postura firme e confortável. Uma das 8 partes do sistema Ashtanga Yoga de Patanjali (responsável pela compilação do conhecimento do yoga e sua organização em texto há cerca de 4 mil anos).

CARGA HORÁRIA:

Carga horária: 6 horas

Duração: 2 dias corridos

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br

 

Oficina de Elaboração de Projetos

O curso “Elaboração de Projetos Culturais” é uma iniciativa de Luciano Draetta, fundador do núcleo artístico Circo Navegador, que há mais de 26 anos dedica-se a criação e produção de obras de circo e teatro, turnês, manutenção de espaço cultural entre outros ativismos de emancipação da sociedade por meio da arte e da cultura.

O projeto tem a função de capacitar profissionais e qualificar artistas e empreendedores culturais, para a tomada de conhecimento das ferramentas de financiamento de projetos culturais, público e privado, em âmbito municipal, estadual e federal.

Essa iniciativa visa capacitar os participantes para a captação de recursos por meio de editais na área cultural, resultando no aprimoramento da produção e criação artística e cultural da região. Além de compartilhar métodos, estratégias e rotinas de produção de projetos culturais, o mediador irá acompanhar os participantes desde a materialização da ideia e a formatação do projeto.

Artistas, produtores, administradores, universitários, empreendedores, gestores de organizações da sociedade civil e munícipes em geral. Coletivos culturais das áreas de artes cênicas, música, artes visuais, audiovisual, capoeira, congada, comunidades tradicionais caiçara, maracatu, cultura popular, indígenas, entre outros movimentos artísticos e sociais.

Quantidade de participantes: 15

Idade mínima: 14 anos

  • Sem data próxima, entre em contato para contratar.

O facilitador Luciano Draetta – Palhaço, Ator e Pesquisador, Mestre da Cultura Popular reconhecido pelo Ministério da Cultura, em 2017, na edição Leandro Gomes de Barros do prêmio Culturas Populares. Graduou-se em letras pela FASS – Faculdades São Sebastião e atua profissionalmente como artista circense, palhaço e ator desde 1992. Além de artista e ativista da cultura, também desempenha funções de produtor, curador e diretor artístico. Sua formação artística é bem diversificada e passa pelo circo, teatro, música, dança, letras e yoga. Formou-se na Escola Paulista de Circo (1995 à 1997),  Circo Escola Picadeiro (1996 à 1998), e Oficinas Culturais Mário de Andrade e Mazzaroppi (1995 à 2002), com profissionais de altíssimo nível. Concluiu a formação acadêmica no curso de letras em 2010, com a pesquisa “A comunicação no espetáculo de circo” que é um estudo sobre as formas narrativas e dramatúrgicas dos espetáculos circenses, que resultou em diversos artigos publicados em sites e revistas especializados.

Atuou com renomados grupos como Parlapatões, Sobrevento e Farândola Troupe entre os anos de 1995 e 1998.

Fundou, junto com alguns amigos, o grupo Circo Navegador, na cidade de São Paulo, no ano de 1997, e dedicou-se a pesquisa cênica, montagem, produção e circulação de diversos espetáculos. Atualmente a sede do grupo é o Espaço Cultural Circo Navegador situado na cidade de São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo.

Como Palhaço “Surubim” realizou turnê pela América do Sul: Mar Del Plata, Córdoba, El Brete e Buenos Aires, na Argentina e Santiago, Valparaiso e San Pedro de Atacama, no Chile. Atua sob direção de artistas de renome como Roberto Rosa, Mario Fernando Bolognesi, Andreia de Almeida, entre outros.

Atua como roteirista, produtor, apresentador e mediador da web série “Lab Ideias – Discussões Horizontais”, dirigida por Paulo Alberton, disponível no Youtube. Essa iniciativa foi premiada pelo PROAC e Edital de Emenda Parlamentar da deputada Estadual Marina Helou. Em parceria com a Banda Larga Filmes e o Instituto de Memória Brasil Vivo, foi roteirista e apresentador da web-serie “Tem Sim Senhor” premiado pelo Proac Audiovisual em 2017.

Como dramaturgo criou 10 espetáculos de teatro e circo, destacando “Cartas” e “Notícia pra Embrulhar Peixe”, ambos premiados pelo Proac em 2013 e 2014.

Foi reconhecido pelos prêmios: Programa de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo (2004), Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo (2005 e 2007), Proac – Montagem de Espetáculo Circense (2007), Funarte de Ocupação do Teatro Eugênio Kusnet (2010), Proac – Apoio a Projetos de Festivais de Artes (2011, 2013, 2014, 2016 e 2017), Proac – Montagem de Espetáculo de Teatro (2012 e 2013), Funarte Artes na Rua (2013), Proac – Circulação de Espetáculos de Artes Cênicas para Rua (2014), Proac – Circulação de Espetáculos de Circo (2015), Proac – Território das Artes (2016, 2018 e 2019), Proac – Audiovisual (2017), Mestre da Cultura Popular Leandro Gomes de Barros do Ministério da Cultura (2017), Mestre da Cultura Popular Selma do Coco do Ministério da Cultura (2018), Funarte – Doação de Equipamento de Iluminação (2018), Ponto de Cultura (2018) e Iberescena Festivais (2018). Além de contar com o patrocínio Petrobras em 2007, 2010 e 2013.

2 módulos de 6 horas cada

Módulo 1

* Panorama e conceituação da produção cultural

* Diagnóstico histórico dos mecanismos de financiamento da produção cultural

* Análise do cenário de financiamento para a cultura no Brasil

* Análise de editais

* Dimensionamento de recursos materiais e humanos

* Montagem de cronograma de atividades

* Montagem de orçamento

* Formatação de projeto

Módulo 2

* Estudo de potencias e carências

* Análise do potencial artístico e estratégias de alcance do resultado esperado

* Levantamento do histórico, currículos e registros necessários para avaliação do projeto inscrito

* Análise e planejamento estratégico para a conquista de recursos

* Administração de projetos

Esta oficina está disponível para contratação.

Mande um e-mail para nossa produção e saiba como:

projeto@circonavegador.com.br